129 visualizações 3 min 0 Comentário

70% dos comissários de bordo do Japão relatam fotos tiradas deles secretamente

- 10 de março de 2023


Cerca de 70 por cento dos comissários de bordo no Japão relataram que fotos foram ou provavelmente foram tiradas sub-repticiamente, disse um sindicato da aviação na quinta-feira, pedindo penalidades mais duras contra o ato.

Trinta e oito por cento dos entrevistados disseram que suas fotos foram tiradas secretamente, enquanto 33 por cento disseram que não tinham certeza, mas “acreditam” que isso aconteceu, com o resultado combinado subindo 9 pontos percentuais em relação à pesquisa anterior em 2019, de acordo com a Federação Japonesa. dos Sindicatos da Indústria da Aviação.

Enquanto a maioria da tripulação de cabine relatou que fotos de rosto e corpo inteiro foram tiradas, outros responderam que foram “apertados” ou tiveram o peito ou as costas fotografados.

Vinte e nove por cento disseram que não foram fotografados secretamente.

Sobre como o assunto foi tratado, 57% disseram que não fizeram nada. Uma porcentagem menor deu ao ofensor uma advertência verbal ou pediu que a foto fosse apagada, segundo a pesquisa.

Alguns comissários de bordo disseram que se abstiveram de agir porque “poderiam ofender o passageiro” ou que estavam “com medo” de chamar a atenção para sua posição vulnerável em relação aos clientes.

“É uma questão muito séria”, disse Akira Naito, presidente da associação sindical, durante entrevista coletiva. “Penalidades mais duras irão dissuadir” as pessoas de tirar fotos ilícitas, disse ele.

O governo está considerando criminalizar os crimes de suborno e tirar fotos secretas de genitais puníveis pelo Código Penal.

A pesquisa online, realizada entre novembro e dezembro do ano passado, recebeu respostas de 1.573 comissários de bordo pertencentes a sindicatos filiados.

Enquanto isso, mais da metade dos entrevistados disseram que foram submetidos a condutas supostamente perigosas. Em uma pergunta de múltipla escolha, 66% responderam que enfrentaram “reclamações ou repreensões persistentes” dos passageiros, enquanto 54% encontraram pessoas “deliberadamente” sem máscara, apesar das regras do antivírus.

Estamos há mais de 20 anos no mercado contratando homens e mulheres até a 3º geração (sansei) com até 65 anos, casais com ou sem filhos para trabalhar e viver no Japão, temos mais de 400 vagas e parceria com +50 empreiteiras em diversas localidades. Auxiliamos na emissão do Visto Japonês, Documentos da Empreiteira, Certificado de Elegibilidade, Passagem e mais. Contate-nos via WhatsApp para mais informações sobre empregos no Japão: (11) 95065-2516 📲🇯🇵✨ ©𝐍𝐨𝐳𝐨𝐦𝐢 𝐓𝐫𝐚𝐯𝐞𝐥.
Comentários estão fechados.