53 visualizações 4 min 0 Comentário

Bitcoin e Ethereum: Análise da Volatilidade Semanal no Mercado

- 22 de fevereiro de 2024

Polygon Lidera a Queda: Impacto no Mercado de Criptomoedas e Perspectivas Futuras” Descubra como a queda do Polygon afetou o mercado de criptomoedas e o que isso pode significar para o futuro do setor

Nesta semana, o mercado de criptomoedas vivenciou um período de volatilidade, atingindo máximos de vários meses, seguido de uma leve queda, para depois registrar uma recuperação notável no dia 22. Esse movimento foi influenciado, em parte, pela realização de lucros por parte dos traders e pela expectativa em torno do relatório de lucros da Nvidia, que se revelou um catalisador significativo para o mercado.

O Bitcoin (BTC) experimentou uma queda para US$ 50.700 na noite de quarta-feira, enquanto o Ethereum (ETH) conseguiu se recuperar após descer para pouco menos de US$ 2.890. Entre as principais criptomoedas, Polygon (MATIC) liderou as perdas com uma queda de 7%, seguido por Cardano (ADA) e XRP (XRP), que registraram quedas de até 5%. O Índice CoinDesk 20 (CD20), um importante indicador do mercado de ativos criptográficos, também sofreu uma queda de 1,2%.

O mercado estava em uma fase de baixa antes da divulgação do relatório de lucros do quarto trimestre da Nvidia. No entanto, o relatório superou as expectativas, impulsionando uma recuperação, especialmente nos tokens relacionados à inteligência artificial (IA). Essa tendência ganhou força após o anúncio da OpenAI sobre a geração de vídeo Sora, levando a capitalização de mercado dos tokens de IA a ultrapassar US$ 15 bilhões, com o WLD da World Coin atingindo um novo recorde.

A volatilidade resultou na liquidação de mais de US$ 200 milhões em futuros de ativos criptográficos, dos quais US$ 150 milhões eram posições longas, indicando apostas no aumento dos preços. Com a recuperação do mercado após o relatório de lucros da Nvidia, as posições vendidas (apostas na queda) foram impactadas. Analistas, como Alex Kuptsikevich da FxPro, sugerem que a liquidação era esperada e não sinaliza uma mudança de tendência no mercado. Kuptsikevich também aponta que o recuo do Ethereum para US$ 2.700 é visto mais como uma correção do que um sinal de alerta.

Enquanto alguns analistas preveem o início de uma temporada favorável para as altcoins, outros, como Markus Thielen da 10X Research, recomendam cautela. Thielen destaca que a dominância do Bitcoin, atualmente em 51%, precisa cair abaixo de 45% para que as altcoins tenham um desempenho superior. A dominância do Bitcoin é um indicador importante, refletindo sua proporção no mercado total de criptomoedas, e uma queda nesse índice geralmente sinaliza um fluxo de capital para outras criptomoedas, beneficiando investidores de altcoins.

Este cenário destaca a dinâmica e a volatilidade do mercado de criptomoedas, reforçando a importância de acompanhar os desenvolvimentos do setor e os relatórios de empresas influentes como a Nvidia, que podem ter impactos significativos nas tendências de mercado.

Comentários estão fechados.