695 visualizações 4 min 0 Comentário

Fujifilm remove vídeo após causar indignação na internet [vídeo]

- 10 de fevereiro de 2020
Fotógrafo invade a privacidade das pessoas na rua

Um internauta disse: “Como isso foi aprovado?” 

Atualmente, proteger a sua privacidade está se tornando cada vez mais difícil. E, embora tenha havido muitas maneiras geniais de proteger suas informações particulares, um controverso fotógrafo japonês está dificultando as coisas. 

O recente vídeo promocional da Fujifilm para a câmera X100V apresenta o trabalho de Tatsuo Suzuki, um fotógrafo japonês.  

O portfólio da Suzuki contém muitas fotografias de rua, e isso foi destaque no vídeo promocional. Mas o vídeo causou indignação entre muitos internautas no YouTube, devido à maneira como ele tira suas fotos.  

Suzuki afirma que quer “tirar fotos reais de pessoas reais” e, como resultado, ele não parece pedir aos sujeitos da foto qualquer tipo de permissão para fotografá-los.  

Alguns comentaristas até descreveram seu estilo de fotografia como ‘agressivamente intrusivo’. 

Suzuki parece tirar suas fotos aproximando-se de estranhos e, muitas vezes sem dizer uma palavra, olhando bem de perto. Compreensivelmente, muitos de seus “modelos” fotográficos não parecem contentes com sua atitude e, mesmo no vídeo, as pessoas podem ser vistas ativamente tentando evitar as lentes da câmera afastando-se do caminho. 

Como resultado da reação, a Fujifilm excluiu o vídeo oficial de seu canal, mas você pode assistir a um upload espelhado que foi postado no Twitter aqui. 

https://twitter.com/photorockwell/status/1224920297385496576

Tirar fotos de pessoas em público no Japão, é ainda bem mais pior do que em outros lugares, e por isso alguns internautas japoneses reagiram negativamente ao comercial. 

“As pessoas nas fotos pareciam enojadas!”

“ É exatamente assim que um voyeur tiraria fotos. Ninguém está gostando de ser fotografado. Isso é nojento. ”

“ O fotógrafo é péssimo o suficiente, mas não posso deixar de culpar a Fujifilm, também. Como isso foi aprovado? ” 

Uma internauta que também passou pelo vexame do fotógrafo deixou o seu relato: 

“Esse cara também tirou uma foto minha. Bem na minha frente, eu disse a ele “apague todas essas fotos ou irei à polícia”. Ele os apagou com relutância, dizendo: “Isso não é voyeurismo, é uma técnica fotográfica”. Fui à delegacia, mas eles me disseram que não podiam fazer nada a respeito. Eu fiquei furiosa.” 

Seja um estilo de fotografia legítimo ou não, é importante levar em consideração, a privacidade de outras pessoas quando estiver tirando fotos. No entanto, não está claro se Suzuki pretende mudar seu estilo de fotografia, pois ele trancou tudo o que tinha nas suas redes sociais. 

Os próprios representantes da Fujifilm divulgaram uma declaração sobre o vídeo, dizendo: 

“Pedimos sinceras desculpas por qualquer desconforto causado pelo recente vídeo promocional da Fujifilm X100V. A partir de hoje, iremos parar a distribuição do vídeo. Lemos os seus comentários e trabalharemos para que isso não aconteça novamente no futuro.” 

Mundo-Nipo: O principal portal de notícias do Japão