Um homem de 26 anos, que foi preso suspeito de matar e abandonar o corpo da esposa, com as pernas amputadas, recebeu um novo mandato nesta quinta-feira (19) pela confirmação do assassinato. 

Seyia Taira foi acusado de estrangular sua esposa, Fukubi, de 26 anos, até a morte em seu apartamento localizado em Kawasaki, por volta do dia 25 de junho. 

De acordo com a polícia, Taira estava pagando suas dívidas de milhões de ienes, com o cartão de credito da esposa e com o dinheiro economizado para as despesas do casamento sem sua permissão. Fukubi tomou conhecimento do que estava acontecendo e seu casamento entrou em ruínas. 




 

Ela olhava para mim como se eu fosse um completo estranho e não suportei isso”, disse o suspeito. 

O homem foi preso no dia 28 de junho, após se entregar à polícia afirmando não suportar o sentimento de culpa. 

Taira admitiu o crime e disse à polícia que amputou sua esposa com uma faca de cozinha e colocou seu corpo em uma mala, a fim de abandonar seu corpo na beira do mar. 

O corpo de Fukubi foi encontrado na manhã de 27 de junho, em uma praia próxima a estação JR Hiratsuka
 

Suas pernas foram encontradas dias depois próximo ao local. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.