411 visualizações 2 min 0 Comentário

KEPCO suspende 2 reatores por falta de instalações antiterroristas

- 30 de janeiro de 2020
Unidade da KEPCO em takahama

Kansai Electric Power Co., KEPCO, suspenderá as operações de dois reatores nucleares após perder o prazo estipulado pelo órgão regulador que obriga a instalação de dispositivos antiterroristas.  

A suspensão dos dois reatores 3 e 4, fica na fábrica de Takahama, província de Fukui, num período de 5 meses a partir de agosto. Essa será a segunda paralisação relacionada a não-cumprimento de deveres no Japão.  

Kansai Electric, com sede em Osaka, disse que a construção deveria ter sido concluída em novembro e acrescentou que a medida iria custar um aumento mensal de cerca de 9 bilhões de ienes, pois era necessário usar a um sistema de geração de energia térmica alternativa. 

A NRA havia publicado em abril do ano passado, que não iria permitir que empresas de energia operassem seus reatores sem as medidas antiterroristas instaladas até o prazo.  

Os requisitos incluíam uma sala de controle de emergência, fonte de alimentação e bomba de refrigeração, para manter o resfriamento via controle remoto, impedindo a liberação de materiais radioativos.  

A Kyushu Electric Power Co disse em outubro, que irá interromper os reatores da usina nuclear de Sendai, por mais de 8 meses, entre março e maio.  

Leia também:  Google lança IA que detecta canto das baleias a fim de protege-las  

Mundo-nipo: O principal portal de notícias do Japão