110 visualizações 3 min 0 Comentário

Ministério da Economia do Japão enfim aboliu disquetes e CDs

- 26 de janeiro de 2024

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão, uma entidade vital para a gestão de setores críticos, está passando por uma transformação digital significativa. Este artigo explora as mudanças em curso e os impactos na eficiência operacional dentro do ministério.

Modernização no Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão O METI (Ministério da Economia, Comércio e Indústria) do Japão está no limiar de uma era digital. Conhecido por administrar setores cruciais, o ministério está adotando uma postura proativa ao eliminar o uso obrigatório de meios físicos desatualizados. Esta medida é um passo para a modernização das operações do METI, embora não indique necessariamente uma inclusão imediata de avanços tecnológicos de última geração.

Iniciativas Digitais Lideradas por Taro Kono Em setembro de 2022, Taro Kono, Ministro de Assuntos Digitais e líder da Agência Digital Japonesa, fez um apelo aos departamentos governamentais para revisarem regulamentos que impõem o uso de mídia física obsoleta. O objetivo de Kono é acelerar o processo governamental, que é notoriamente lento no Japão, incentivando uma transição para métodos mais eficientes e contemporâneos de gestão de dados.

Eliminação de Requisitos de Disquetes e CD-ROMs O METI anunciou que, até o final de 2023, eliminará 34 ordens administrativas que prescrevem disquetes como método de envio de dados, além de várias outras que exigem o uso de CD-ROMs. Este é um movimento significativo, já que tais requisitos se aplicam a operações sensíveis e vitais, incluindo o fornecimento de gás, eletricidade, água, mineração, e produção de aeronaves e armamentos.

Desafios e Impactos da Transição Digital A mudança para a digitalização enfrenta desafios primários: a ineficiência operacional devido à dependência de meios físicos e a crescente escassez de disquetes no mercado. A equipe de Kono identificou cerca de 1.900 regulamentos que ainda exigem mídia física para armazenamento de dados, indicando que o caminho para uma transformação digital completa ainda é longo. No entanto, as ações do METI marcam um progresso significativo.

Conclusão e Perspectivas Futuras Enquanto as rodas do governo japonês giram lentamente, a iniciativa do METI aponta para um futuro mais ágil e digitalizado. A redução na dependência de meios físicos não é apenas uma atualização tecnológica, mas também uma melhoria na eficiência e uma adaptação às realidades do mercado. Com esses esforços em andamento, o Japão está se posicionando para aproveitar os benefícios da era digital em sua administração governamental.

Comentários estão fechados.