1.247 visualizações 2 min 0 Comentário

Para essa ilha japonesa, o carboidrato é o segredo da longevidade

- 5 de agosto de 2019

Nas dietas modernas, o carboidrato é abominado, mas em uma ilha do Japão, foi constatado que em uma dieta com muito carboidrato e pouca proteína, o corpo aciona respostas fisiológicas que protegem o organismo de muitas doenças ligadas ao envelhecimento, como diabetes, câncer, doenças cardiovasculares e demência.

Nas ilhas de Okinawa, os habitantes tem uma ótima saúde e são considerados os mais longevos de todo o mundo. Embora o Japão seja um país com uma alta expectativa de vida, em Okinawa, a taxa é 40% maior do que no resto do país.

Um ponto relevante sobre a dieta de Okinawa é a restrição de calorias diárias. Antes das redes de fast-food entrarem na ilha, um morador comia 11% menos do que o recomendado. Especialistas afirmam que a limitação ajuda a retardar o envelhecimento.




Estudos feitos em animais apontaram que uma dieta com 30% menos calorias reduzem o risco de morte por doenças relacionadas ao envelhecimento em 63%.

Nas dietas com menos consumo de proteína, o corpo tem maior reparo e manutenção celular. Com a falta dos aminoácidos essenciais, o corpo produz novas proteínas e as velhas são recicladas ao invés de acumuladas.

Além da dieta, a alta expectativa de vida de Okinawa se dá pela qualidade de vida, e genética.

 

Mundo-Nipo: O principal portal de notícias do Japão.