79 visualizações 2 min 0 Comentário

Vietnamitas Lideram, 25,3% dos Estrangeiros no Mercado Japonês

- 29 de janeiro de 2024

O Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão reportou que em outubro do ano passado, o número de trabalhadores estrangeiros no país atingiu a marca de 2.048.675. Esse total é um aumento de 225.950 em comparação com o ano de 2022, superando pela primeira vez os dois milhões desde 2007, quando começou a obrigatoriedade de comunicação da contratação de trabalhadores estrangeiros por parte dos empregadores.

A taxa de crescimento anual de trabalhadores estrangeiros em 2022 foi de 12,4%, um acréscimo considerável frente aos 5,5% registrados no ano anterior. Esse crescimento sinaliza um retorno às taxas de crescimento pré-pandemia de COVID-19. O ministério associa este aumento à integração acelerada de trabalhadores qualificados específicos e estagiários técnicos, além da recuperação econômica.

Quanto à distribuição por nacionalidade, os vietnamitas formam o maior grupo, representando 25,3% do total, seguidos pelos chineses com 19,4% e pelos filipinos com 11,1%. No contexto industrial, a indústria transformadora ocupa a primeira posição com 27,0%, e o setor de serviços aparece em segundo com 15,7%. Entretanto, os incrementos mais expressivos foram observados em setores que sofrem com a falta de mão-de-obra, como construção e serviços médicos e de assistência social.

Takeo Tsuji, Ministro do Trabalho, ressaltou a necessidade de assegurar uma força de trabalho robusta que inclua trabalhadores estrangeiros, diante do encolhimento da população em idade ativa do Japão. Ele reafirmou o compromisso do governo em aprimorar as condições de trabalho e em entender melhor a situação dos trabalhadores estrangeiros no país.

Comentários estão fechados.